quinta-feira, 20 de março de 2008

são

Às vezes tenho vontade de brigar, bater, xingar, e ficar com raiva de você. Só às vezes e sempre. Pelo menos uma vez por dia. Por outras, várias vezes por dia. Em vão. E assim eles, os dias, passam, neste misto de amor e dor, prazer e raiva, calmaria e tormenta. Passam: pulsantes e vivos.

2 comentários:

Vinícius Silva disse...

Ainda bem que é o Ney que vive com você.

Rs.

Besos.

Vinícius Silva disse...

Sim, ainda bem. Às vezes é a fúria (ou simplesmente o desejo dela) é que nos faz inovar, ou sermos menos chatos com as pessoas com quem vivemos.

Ainda bem que vivemos com um monte delas, ainda bem!


Besos.