terça-feira, 11 de março de 2008

quase nada

felicidade é coisa simples
e pode ser "quase nada",
como deitar num ombro amigo
e se sentir abraçada.

Um comentário:

poetriz disse...

Esse tipo de felicidade é quase tudo!
Nada melhor que abraço e ombro amigo...

Bjs!